Como a ajustar a dose e a moagem do café gourmet

Segundo Jim Schulman, é possível corrigir defeitos de sabor de um café alterando-se a dose e a moagem do pó

1

Equilíbrio do café gourmet: dose e a moagemAs regras a seguir fazem parte de um artigo publicado por Jim Schulman, na Home Barista. Segundo ele, é possível obter um sabor equilibrado do seu café gourmet preferido apenas ajustando fatores como a dose e a moagem durante a preparação. Se você provou um café, sente falta do equilíbrio, mas gosta do sabor, é possível melhorar a percepção da bebida seguindo algumas dicas.

Café com pouco sabor ou muito agressivo

O primeiro caso diz respeito aos cafés sem gosto ou sem graça. Na maior parte do tempo, os açúcares da bebida estão sobrepondo outros sabores e o problema pode ser remediado aumentando a dose do café e engrossando a moagem. Isso vai acabar reduzindo a proporção de açúcares, mantendo o equilíbrio entre acidez e amargor. Por outro lado, cafés muito agressivos podem precisar de mais açúcares. A solução está em uma moagem mais fina e em uma dose menor.

Café muito ácido ou muito amargo

Se o café tiver um sabor que tende para as notas ácidas, mantenha a mesma dose de preparação e afine a moagem da bebida. Extraia o café lentamente, como se preparasse um ristretto. Já cafés muito amargos devem ter a dose mantida e a moagem engrossada. Ao contrário da forma anterior, extraia o café rapidamente para aumentar a acidez.

Relação entre a dose e a moagem

Note que os cafés muito finos impedem a passagem rápida da água, diminuindo a velocidade da extração. Já os pós com moagem mais grossa deixam a água passar rapidamente. A moagem fina deixa o café mais encorpado e forte, sendo utilizada na extração de expressos. Já a moagem de média a grossa é utilizada na preparação de bebidas mais aromáticas.

Para o autor do artigo, o equilíbrio de um café especial sempre pode ser ajustado pela dose e a moagem, mas se você não curtiu o sabor de um café, o melhor mesmo é trocar a marca ou o blend. O ajuste só poderia ser feito, em tese, nos cafés que agradam o paladar de quem toma.

1

Achou um erro ou um link quebrado? Clique aqui para reportar.