Cafeteira Aram promete café responsável

Projeto está em fase de financiamento e promete um café socialmente responsável e personalizado

Um novo projeto de cafeteira promete uma extração de café mais personalizada, além de rica em aromas e sabor. A Cafeteira Aram – criada por Maycon Aram – está em plena fase de angariação de fundos no site Catarse.

A Aram possui um moedor manual integrado diretamente a uma boca de extração. O café é moído e preparado praticamente ao mesmo tempo, eliminando o contato do pó com o ar e evitando a oxidação da bebida.

Cafeteira Aram. Imagem de divulgação.

Cafeteira Aram. Imagem de divulgação.

Por ser manual, é possível ajustar cada etapa da preparação: da moagem à extração. Segundo o criador, a cafeteira permite que sejam feitos de espressos a coados.

Veja como ela funciona no vídeo abaixo.

Cafeteira Aram já foi premiada

Apesar de estar em fase de projeto, a cafeteira Aram já foi premiada pelo Salão Design Casa Brasil, IDEA Brasil, e pelo Museu da Casa Brasileira.

De acordo com Maycon, a cafeteira nasceu a partir da observação de que muitos produtos são feitos com tempo de vida muito curto, tornando-os quase descartáveis. A Aram foi concebida para quebrar essa tendência, sendo produzida em parceria com produtores locais e pensada para ser durável.

O produto é 100% brasileiro e, pensado para ser eco-responsável, não consome eletricidade nem utiliza cápsulas para a preparação de espressos.

Como contribuir

Para comercializar o produto, a equipe busca financiamento no site Catarse. É possível dar contribuições a partir de R$10. A partir de R$679, é possível comprar a cafeteira. Eles prometem que a entrega será feita ainda antes de 25 de dezembro de 2016.

Achou um erro ou um link quebrado? Clique aqui para reportar.